Fale com a gente:

Central de Atendimento

>

Chama no WhatsApp!

Prefere uma ligação?

Clique ao lado

  • FBZ

AMBIENTES INTEGRADOS: CONHEÇA TUDO SOBRE ESSA TENDÊNCIA

Praticidade, amplitude e aconchego são características deste tipo de projeto.

A arquitetura sempre refletiu o modo de viver das pessoas e se adapta constantemente para atender a diversas necessidades. Na sociedade moderna, que requer praticidade nas rotinas pessoal e profissional, é cada vez mais comum encontrarmos o conceito de ambientes integrados

O principal motivo, além da praticidade, esta na sensação de amplitude que o conceito traz aos projetos arquitetônicos e de interiores.

Que tal conferir melhor sobre essa nova tendência? Continue a leitura e veja as informações que preparamos para você!


Como surgiu?


Quem frequenta construções antigas percebe de cara que os cômodos são bem delimitados, proprocionando privacidade aos moradores, mas ao mesmo tempo isolando as pessoas.

Nos imóveis mais novos, a funcionalidade tem sido priorizada para favorecer e facilitar o dia a dia dos moradores. Algumas divisões são retiradas, otimizando o fluxo interno, tornando a circulação mais fluida promovendo assim um aumento da interação entre os moradores.


Como decorar essas áreas?


Se a sua casa nova tem algum ambiente integrado é interessante pensar em ideias que valorizem esse tipo de arranjo. É claro que você não precisa se limitar a nenhum estilo de decoração: basta escolher os recursos certos para deixar os cômodos mais agradáveis. Algumas dicas são:


Crie divisões com os móveis


Às vezes, temos vontade de separar os ambientes sem isolá-los por completo. Nesses casos, a dica é transformar os próprios móveis em elementos divisores.

Um belo aparador ou buffet, por exemplo, pode delimitar a junção das salas de estar e jantar. Perceba que são itens adequados para o apoio de louças, copos, talheres e outros utensílios usados no momento de preparar ou degustar refeições.

Um balcão ou conjunto de armários flutuantes, por outro lado, funciona muito bem quando colocado no limite entre a cozinha e a sala de estar.


Utilize elementos em comum


Uma boa sugestão para reforçar a aparência integrada é incluir objetos iguais ou semelhantes nos cômodos que permanecem unidos. Pode ser um modelo específico de luminária, um grupo de vasos com folhagens, um conjunto de quadros que têm a mesma moldura etc.

Se não quiser apostar em elementos de mesmo formato, por exemplo, que tal investir em acabamentos parecidos? Há uma infinidade de cores, materiais e texturas para você escolher na hora de revestir suas peças decorativas.


Faça o rodízio de acessórios


Um problema comum nas áreas integradas é o aspecto bagunçado que tende a surgir quando exageramos na quantidade de acessórios. Se concentrados em um mesmo lugar, esses objetos quebram a harmonia do ambiente e fazem com que pareça mal planejado.

Para evitar a mistura de artigos que pertencem a espaços distintos, você pode apostar no rodízio. A prática consiste em selecionar um número limitado de itens para expor nos ambientes. Com o tempo, você vai trocando as peças por outras que estavam guardadas, de modo a não deixar o visual pesado.


Gostou de conhecer o potencial dos ambientes integrados? Para mais dicas siga nossos perfis nas redes sociais e confira todas as novidades em primeira mão! Estamos no FacebookYouTube e Instagram.

6 visualizações
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza
  • LinkedIn - círculo cinza
  • TikTok

Rua P, Quadra 15-A, nº 237 - Centro - Caldas Novas - GO / CEP: 75681-640
CNPJ: 10.910.929/0001-01