Fale com a gente:

Central de Atendimento

>

Chama no WhatsApp!

Prefere uma ligação?

Clique ao lado

  • FBZ

Caixa amplia medidas para setor imobiliário e permite pausa de até 6 meses

Segundo a instituição, cerca de 5,5 milhões de famílias serão beneficiadas e 1,2 milhões de empregos serão preservados. Quem usa o FGTS na prestação poderá pausar as parcelas


A Caixa anunciou, na quinta-feira (9/4), novas medidas para o setor imobiliário no período de crise. Entre as novidades está a liberação de R$ 43 bilhões para o financiamento da casa própria. Até então, o banco já havia anunciado cerca de R$ 111 bilhões em novas linhas de crédito. Segundo a instituição, cerca de 5,5 milhões de famílias serão beneficiadas e 1,2 milhões de empregos serão preservados. As novidades estarão disponíveis a partir da próxima segunda-feira (13/4).

Em transmissão feita pelo Facebook, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, anunciou também que o banco concederá carência de seis meses para novos contratos imobiliários de pessoas físicas. Isso significa que quem comprar um imóvel agora poderá começar a pagar só daqui a seis meses.

Outra novidade é que as pausas nos financiamentos poderão ser solicitadas também por aqueles que utilizam o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para o pagamento. A porcentagem das parcelas que não é coberta pelo FGTS poderá ser pausada, explicou o vice-presidente de habitação, Jair Luis Mahl. "A partir de segunda-feira também estará disponível para aqueles que estavam usando o FGTS para o pagamento parcial das parcelas. A pessoa continua usando o FGTS no pagamento parcial da prestação e vai poder pedir a pausa daquela parte, os 20% ou 30% que são sua parte no pagamento", explicou ele.

Clientes adimplentes ou com até duas parcelas em atraso poderão também optar pelo pagamento parcial da prestação do financiamento, por 90 dias. Atualmente, é possível pedir uma pausa nas prestações do financiamento habitacional por meio de contato telefônico e aplicativo Habitação Caixa, disponível para plataformas Android e iOS.


Confira as medidas já anunciadas pela Caixa em relação ao crédito imobiliário


- Implementada a pausa de 90 dias no financiamento habitacional, para clientes adimplentes ou com até 2 (duas) parcelas em atraso, incluindo os contratos em obra.


- Possibilidade dos clientes que utilizam a conta vinculada do FGTS para pagamento de parte da prestação, pausar a parcela não coberta pelo FGTS por 90 dias.


- Clientes adimplentes ou com até 2 (duas) parcelas em atraso poderão optar pelo pagamento parcial da prestação do financiamento, por 90 dias.


- Prazo de carência de 180 dias para contratos de financiamento de imóveis novos.


- Aos clientes que constroem com financiamento da CAIXA (construção individual) será permitida a liberação antecipada de até 2 (duas) parcelas, sem a vistoria.


- Renegociação de contratos com clientes em atraso entre 61 e 180 dias, permitindo pausa ou pagamento parcial das prestações.


Fonte: Correiro Brasiliense

0 visualização
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza
  • LinkedIn - círculo cinza
  • TikTok

Rua P, Quadra 15-A, nº 237 - Centro - Caldas Novas - GO / CEP: 75681-640
CNPJ: 10.910.929/0001-01