{{}}
 
  • BALCÃO DE NEGÓCIOS

EXISTE UM VALOR DE RENDA MÍNIMO PARA FINANCIAR UM IMÓVEL?

Entenda como as instituições financeiras funcionam na avaliação e na aprovação, ou recusa, de um empréstino imobiliário

Uma das formas mais utilizadas pela maior parte dos brasileiros na hora de comprar sua casa própria é o financiamento imobiliário, devido aos benefícios proporcionados. E é muito provável que você já deve ter se questionado: como saber qual valor de imóvel eu posso financiar?

Por isso, é preciso saber qual a renda mínima para financiar um imóvel, e também, como funciona todo o processo de financiamento imobiliário para ter um planejamento adequado e sem futuros problemas.

O primeiro passo para realizar o sonho de adquirir um imóvel próprio é entender como funciona o processo de financiamento, uma vez que, dependendo do preço do imóvel, do valor que você pretende financiar e das parcelas que você consegue pagar por mês, a escolha do banco e do tipo de financiamento irá mudar.


Conheça as principais regras do financiamento


1ª: o valor de entrada deve ser de, no mínimo, 20% do valor do imóvel;


2ª: as parcelas não podem comprometer mais de 30% da sua renda familiar (lembre-se, a renda pode ser composta por outra pessoa que vá morar no imóvel).


Qual a renda mínima para financiar um imóvel?


A renda mínima dependerá do valor do imóvel que você deseja financiar, do valor que você tem disponível para dar de entrada e valor disponível no seu FGTS.

Primeiro, é preciso comprovar sua renda, porque é a partir dela que o banco definirá diversas váriaveis no seu financiamento. Mas como é feita essa comprovação?

A comprovação é feita através da informação dos rendimentos de todos os integrantes da família que irão morar no imóvel. Mas atenção! A renda será composta apenas pelos envolvidos que irão residir no imóvel. Então, isso te inviabiliza, por exemplo, de comprar um apartamento com seu irmão, caso ele não vá morar com você. Além disso, quanto maior for a renda, maior também poderá ser o valor máximo do imóvel financiado.


Quanto é necessário para financiar um imóvel?


Isso varia muito, já que depende das condições de cada banco e de cada comprador. Além disso, é preciso levar em consideração os juros que são atribuídos ao pagamento.

Os bancos costumam verificar se os interessados possuem outro imóvel, o tipo de atividade que exercem, a idade, o valor da entrada, dentre outros fatores. O critério utilizado para determinar o valor máximo que poderá ser financiado é a regra dos 30%, ou seja, o valor da prestação não deve comprometer mais do que 30% da renda familiar mensal. Caso contrário, o banco não realizará seu financiamento.

Não entendeu? Vamos ao exemplo: se a família tiver renda de até R$ 3.000 será liberado o valor de cerca de R$ 90.000 para financiamento; já as famílias com renda de até R$ 6.000 poderão financiar aproximadamente R$ 175.000. Por último, rendas de até R$ 8.000 poderão financiar, em torno de R$ 240.000 (considerando o tempo máximo de financiamento permitido).


Quer saber mais como funciona o processo de financiamento? É só clicar aqui! Até mais.

7 visualizações0 comentário