{{}}
 
  • FBZ

PAÍS REGISTRA AUMENTO NA GERAÇÃO DE EMPREGOS E NA VENDA DE IMÓVEIS

Brasil registra a criação de 393,9 mil vagas de emprego em outubro

Pelo quarto mês consecutivo, o saldo de geração de empregos ficou positivo. Foram criadas 394.989 vagas com carteira assinada em outubro, resultado de 1.548.628 admissões e de 1.153.639 desligamentos. O resultado recorde na série histórica iniciada em 1992 está no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Dos cinco grandes grupamentos de atividades econômicas, quatro tiveram saldo positivo no emprego em outubro. O principal foi o setor de serviços, que abriu 156.766 novas vagas. No comércio foram criados 115.647 postos; na indústria, 86.426; na construção, 36.296.

Atualmente, acrescentou o secretário, as contratações estão em crescimento. “No momento de reabertura da economia, de retomada forte como está acontecendo agora, isso documentado por gastos de cartão de crédito, de energia elétrica, falta de matéria-prima, é natural que as admissões crescessem em ritmo mais forte”, acrescentou.


Vendas de imóveis também cresceram


Seguindo a geração de emprego, a venda de imóveis também teve alta de 8,4% nos primeiros nove meses deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC).

No terceiro trimestre a alta nas vendas foi bem maior, de 57,5%, na comparação com os três meses anteriores - período de maiores perdas como consequência da pandemia do coronavírus. Os lançamentos também tiveram forte alta na passagem do segundo para o terceiro trimestre deste ano, de 114,1%. Esse aumento, no entanto, não foi suficiente para compensar as perdas dos meses anteriores: no acumulado dos nove primeiros meses do ano, o número de lançamentos ainda é 27,9% menor do que o registrado no mesmo período de 2019. Entre as regiões, o maior aumento entre o segundo e o terceiro trimestres foi observado no Sudeste, onde os lançamentos subiram 197,5% (18.110 unidades), seguida do Norte, onde o número de unidades lançadas cresceu 140,0% (896 unidades).

Gostou desse conteúdo? Aproveite para seguir nossos perfis nas redes sociais e conferir todas as novidades em primeira mão! Estamos no Facebook, YouTube e Instagram.

20 visualizações0 comentário