{{}}
 
  • FBZ

SETOR IMOBILIÁRIO CONTINUARÁ CRESCENDO, MAS TERÁ ÚLTIMOS MESES DE JUROS BAIXOS

Expectativa é que montante financiado chegue a R$ 157 bilhões este ano, no entanto, taxas podem voltar a dois dígitos já no ano que vem.

Prever os caminhos da economia nos próximos meses e anos é um estudo constante que especialistas de diversos setores se prestam a fazer. A pandemia da Covid-19 alterou as atividades econômicas no mundo inteiro e apesar de muitas perdas, alguns segmentos produtivos conseguiram uma boa evolução no cenário brasileiro, como a indústria de alimentos e a de produtos de higiene. Dentro dessas boas evoluções também está um mercado muito importante para a economia: o imobiliário. E o ano de 2021 deve se apresentar como um período de muito trabalho para que o setor se recupere ainda mais, e com otimismo fortemente presente.

O volume de financiamentos imobiliários deve continuar crescendo em 2021, após ter batido recorde em 2020. Segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) é que o montante de financiamento chegue a R$ 157 bilhões este ano.

Para quem está planejando adquirir um imóvel, a hora é agora uma vez que aumento na taxa selic já começou a ser aplicado no mercado, com previsão de que as taxas voltem ao patamar de dois dígitos por volta do ano que vem — uma vez que a curva de juros futuros está apontando para cima.


Quer aproveitar esse momento e sair de vez do aluguel? É só clicar aqui.

7 visualizações0 comentário