{{}}
 
  • FBZ

TÁ PENSANDO EM FINANCIAR SUA CASA PRÓPRIA? CONFIRA NOSSO PASSO A PASSO PARA REALIZER O SEU SONHO!

Saiba quais os requisitos necessários para solicitar crédito imobiliário e confira como dar o grande passo para a compra da sua casa própria

Adquirir a casa própria é o sonho de muitas pessoas — e não é para menos! Você pode decorar do jeito que achar melhor, pintar as paredes nas suas cores preferidas, colocar quadros e plantas, personalizar os armários, tudo isso sem a preocupação de o proprietário pedir o imóvel ou de ter que renovar o contrato.

Contudo, durante o financiamento do imóvel surgem algumas dúvidas frequentes. Afinal, existem diversos requisitos importantes no processo que devem ser considerados. Além disso, é preciso ser cauteloso para buscar a melhor opção de imóvel, pois estamos falando de uma alternativa muito eficiente de ter o seu lar doce lar.

Neste texto, você verá como financiar sua casa própria pode ser simples. Vamos começar?


As vantagens que o financiamento oferece


O medo de assumir uma dívida a longo prazo e a ideia errada de que o investimento pode não valer a pena, muitas vezes, faz com que muitas pessoas deixem de financiar um imóvel. No entanto, o financiamento é uma ótima opção para conquistar o sonho da casa própria, além de oferecer diversas vantagens.

Só o fato de dormir e acordar em um local que é seu, e ter liberdade para decorar e fazer reformas do jeito que você quiser já vale muito a pena. Mesmo que você esteja pagando parcelas mensais, elas são de algo que é seu, um investimento para a vida toda. Mas, ainda há outros benefícios envolvidos. Veja abaixo.


- Ter algo próprio;


- Possibilidade de utilizar o FGTS;


- Sair do aluguel;


- Segurança na aquisição do imóvel;


- Investimento para o futuro.


Agora que você já sabe que financiar um imóvel apartamento vale muito a pena, é hora de saber como realizar esse projeto. Para facilitar sua vida e ajudar você a analisar o que deve ser considerado, separamos algumas dicas importantes para que entenda como funciona todo o processo e evite cometer erros nas etapas da aquisição do imóvel.

Prepare-se para entender o passo a passo de como financiar a casa própria. Explicamos em detalhes a seguir!


1. Faça uma simulação


Financiar um imóvel fica mais simples e gera menos frustrações quando você faz, primeiramente, uma simulação da proposta. Isso se deve ao fato de que são comuns as situações em que uma família ama o imóvel, começa a negociação na sequência e se frustra, mesmo com o dinheiro da entrada do imóvel.


2. Preencha a proposta online


Para chegar à etapa da proposta online, você já terá passado pela definição do plano de financiamento e condições. Assim, é preciso preencher a proposta para que o financiamento seja aprovado. No geral, essa proposta pede alguns dados pessoais, como: nome, número de CPF e PIS, telefones, e-mail, formação e renda.


3. Envie os documentos necessários


Os documentos necessários para garantir o financiamento de um imóvel variam de acordo com bancos e construtoras. Contudo, no geral, são solicitados os seguintes: documentos pessoais (RG e CPF), comprovante de estado civil, comprovante de renda, extrato do FGTS e certidão negativa de propriedade de imóvel, declaração de Imposto de Renda e extratos bancários dos últimos 3 a 6 meses, se for utilizar o FGTS: cópia de carteira da carteira de trabalho, extrato atual do FGTS e cópia da declaração de Imposto de Renda.


Não se esqueça de separar a documentação com calma e antecedência, assim, você pode evitar muitas idas e vindas nos cartórios e nas instituições bancárias.


4. Aguarde as análises de crédito e jurídica


O envio de documentos é referente também às análises de crédito e jurídica. De acordo com as informações e os documentos apresentados, a instituição financeira checará a renda declarada, os dados do comprador e as características do imóvel para garantir a viabilidade de concessão do crédito, bem como sua situação junto aos órgãos de proteção de crédito. Daí a importância de estar com o nome limpo e ter um bom score de crédito.


5. Avalie o imóvel por meio de uma visita técnica


Uma vez que a instituição financeira dá o aval para que o processo siga, é o momento de realizar uma avaliação do imóvel, por meio de uma vistoria que deve ser realizada por um engenheiro ou arquiteto credenciado.

O intuito da visita técnica do financiamento imobiliário é comprovar a compatibilidade entre o valor da propriedade e o do mercado, como também as condições do imóvel, se estão de acordo com as exigências que permitem que ele seja financiado.


6. Assine o contrato de financiamento e registre em cartório


Aqui, se não houver nenhuma pendência, é feita a assinatura do contrato de financiamento, que deve ser registrado em Cartório de Registro de Imóveis.


7. Finalize o processo para a liberação dos recursos


Por fim, com todas as etapas anteriores aprovadas, chega a hora de enviar o registro do contrato para o banco responsável pelo financiamento. Agora, falta muito pouco para que seu sonho, literalmente, saia do papel.

Você precisa enviar uma via do contrato para que o banco libere o financiamento. Depois disso, pronto, é só pegar as chaves e planejar a sua mudança!

Gostou de ter mais detalhes sobre como financiar o imóvel dos seus sonhos? Se tiver ficado com alguma dúvida é só entrar em contato com um de nossos especialistas imobiliários clicando no botão abaixo.



22 visualizações0 comentário